Irã diz que mundo deve respeitar seus direitos nucleares

Qualquer acordo entre Irã e as potências mundiais sobre seu programa nuclear deve ser baseado no direito do país de ter tecnologia nuclear, disse o negociador-chefe iraniano, Saeed Jalili, neste sábado.

REUTERS

22 de janeiro de 2011 | 11h31

Jalili fez os comentários após o fim de dois dias de conversações entre as potências mundiais e o Irã em Istambul, classificadas pela chefe de Política Externa da União Europeia, Catherin Ashton, como "decepcionantes".

"Qualquer conversa e cooperação, e isso eu enfatizei durante as conversações com a senhora Ashton, devem ser baseadas no respeito aos direitos das nações... incluindo o direito do Irã à tecnologia nuclear", disse ele, enfatizando o direito a enriquecimento de urânio.

(Por Parisa Hafezi)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDIRADIREITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.