Irã inaugura nova base aérea perto do Afeganistão

Teerã quer garantir defesa de forças americanas, que acusam os iranianos de ter programa nuclear bélico

Associated Press e Agência Estado,

09 de outubro de 2007 | 10h14

O Irã inaugurou uma nova base aérea perto de sua fronteira com o Afeganistão com o objetivo de se proteger de um eventual ataques de forças inimigas posicionadas no país vizinho, segundo informou a televisão estatal iraniana nesta terça-feira, 9. A nova base faz parte de uma estratégia militar mais ampla do governo iraniano, preocupado com a presença militar dos Estados Unidos em nações vizinhas como o Iraque e o Afeganistão em um momento de tensão entre Teerã e Washington. "A inauguração dessa base aérea tem como objetivo possibilitar uma resposta rápida e forte a um possível ataque, caso alguma ação militar seja desencadeada contra o país, declarou o general Ahmad Mighani, comandante da Força Aérea iraniana, em entrevista à tevê estatal. A base, inaugurada na segunda-feira, fica localizada em Birjand, mais de 1.300 quilômetros a sudeste de Teerã. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, recusa-se a descartar a possibilidade de atacar o Irã em resposta ao controverso programa nuclear de Teerã.  Os EUA e outras potências ocidentais acusam o Irã de desenvolver em segredo um programa nuclear bélico. Washington também acusa Teerã de apoiar milicianos xiitas no Iraque. O governo iraniano nega ambas as acusações e assegura que suas usinas atômicas têm fins estritamente pacíficos de geração de energia elétrica.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãAfeganistãoEUAbase aérea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.