Irã instala equipamento nuclear avançado para testes

O Irã está intensificando os trabalhos de desenvolvimento de centrífugas e tornando seu enriquecimento de urânio mais eficiente, disseram diplomatas, sinalizando um possível avanço no programa nuclear da república islâmica.

FREDRIK DAHL, REUTERS

15 de julho de 2011 | 08h11

Dois modelos mais novos e avançados de máquinas usadas para refinar urânio estão sendo instaladas para testes em larga escala em uma unidade de pesquisas perto da cidade de Natanz na região central do país, disseram os diplomatas à Reuters nesta semana.

Se o Irã eventualmente for bem sucedido em introduzir as centrífugas mais modernas para a produção, isso pode encurtar significativamente o tempo necessário para acumular material que pode ter uso tanto civil quanto militar, caso seja processado a níveis mais elevados.

Mas não está claro se Teerã, sujeito a sanções internacionais cada vez mais rigorosas, tem os meios e componentes para fazer máquinas mais sofisticadas em quantidades maiores.

O Irã nega as acusações do Ocidente de que busca desenvolver armas nucleares e afirma que pretende refinar urânio para a geração de energia e aplicações médicas.

A recusa de Teerã de suspender suas atividades de enriquecimento levou a quatro rodadas de sanções da Organização das Nações Unidas contra o país, assim como medidas punitivas dos Estados Unidos e da União Europeia.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAMAQUINASNUCLEAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.