Irã liberta estudante dinamarquês preso em protestos

Niels Krogsgaard havia sido detido no dia 4, quando a tomada da embaixada dos EUA completou 30 anos

Associated Press,

10 Novembro 2009 | 15h31

A imprensa iraniana informou nesta terça-feira, 10, que o governo libertou o estudante dinamarquês preso após protestos contra o presidente Mahmoud Ahmadinejad no início do mês em Teerã.

 

A agência semioficial Isna informou que o estudante, Niels Krogsgaard, não está mais sob custódia, mas não deu maiores detalhes. A União de Jornalistas da Dinamarca informou que Krogsgaard havia sido detido dia 4 de novembro por ter participado de manifestações na capital iraniana.

 

Nesse dia, houve protestos convocados pela oposição contra o 30º aniversário da tomada da embaixada dos EUA, e os manifestantes entraram em confronto com a polícia.

 

A União Dinamarquesa disse que Krogsgaard é um estudante de jornalismo que foi ao Irã fazer um trabalho sobre a política do país.

Mais conteúdo sobre:
Irã embaixada protestos libertação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.