Irã não precisa enriquecer urânio, diz Rússia

O fornecimento de combustível nuclearrusso à usina iraniana de Bushehr torna desnecessário que o Irãmantenha seu programa de enriquecimento de urânio, disse ochanceler da Rússia, Sergei Lavrov, em entrevista publicada naquarta-feira pelo jornal Vremya Novostei. Ele afirmou ainda que as discussões das grandes potênciassobre o programa nuclear do Irã não devem incluir a perspectivade uma "mudança de regime" naquele país. "Acreditamos que o Irã não tem necessidade econômica demanter seu programa de enriquecimento de urânio", disse Lavrovao jornal. "Estamos tentando persuadir os iranianos de quecongelar o programa é uma vantagem para eles, pois levariaimediatamente a conversas com todos os seis [grandes países,inclusive EUA e Rússia, que negociam a questão nuclear]." O Irã, segundo Lavrov, está ciente de que os russos vão"congelar a cooperação" caso haja qualquer desvio em relaçãoaos acordos firmados para a construção da usina de Bushehr sobfiscalização da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA,um órgão da ONU). A Rússia entregou neste mês o primeiro carregamento de 80toneladas de combustível nuclear a Busheh, uma obra de 1 bilhãode dólares. O Ocidente suspeita que o Irã possa tentardesenvolver armas nucleares, o que Teerã nega. O governo dos EUA disse que a entrega do material russopode servir para demover o Irã do programa de enriquecimento,mas uma autoridade iraniana declarou que uma coisa não tem nadaa ver com a outra. A Organização das Nações Unidas (ONU) já impôs dois pacotesde sanções a Teerã por sua recusa em suspender oenriquecimento. De acordo com Lavrov, as grandes potências -- EUA, Rússia,China, Grã-Bretanha, França e Alemanha -- têm autoridade apenaspara avaliar o programa nuclear iraniano. "Se, ao realizar esses objetivos declarados, nossosparceiros norte-americanos buscarem o objetivo de uma mudançade regime, essa seria uma parceria inapropriada, seria umaalteração das políticas, e nós nos oporíamos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.