Irã nega desaceleração em programa nuclear

O Irã não diminuiu o ritmo de suas atividades com energia atômica e planeja a instalação de 50 mil centrífugas usadas para enriquecer urânio nos próximos cinco anos, disse uma importante autoridade iraniana do setor nuclear na quarta-feira. "Atualmente, nós temos 6.000 centrífugas em funcionamento em Natanz, e nós aumentaremos nossas atividades para instalar mais até o final do próximo ano (iraniano, em março de 2010)", disse o chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Gholamreza Aghazadeh, no sudoeste do país, onde está sendo construída uma usina nuclear. Ele não esclareceu quantas centrífugas estarão em funcionamento até março de 2010, mas disse que o Irã planeja instalar 50 mil delas nos próximos cinco anos. "Nós não mudamos nosso planejamento em Natanz. Nós nem desaceleramos nem aceleramos nossas atividades lá", disse ele, referindo-se à unidade de enriquecimento de urânio no centro do país. (Reportagem de Parisa Hafezi e Hossein Jaseb)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.