Irã pode proibir exportação de petróleo para europeus semana que vem

Medida é resposta a sanções impostas pela União Europeia devido ao programa nuclear iraniano

Reuters

27 de janeiro de 2012 | 07h15

TEERÃ - Uma lei que será debatida no Parlamento do Irã neste domingo prevê a interrupção das exportações de petróleo para a União Europeia a partir da semana que vem, disse o deputado Hossein Ibrahimi, segundo informou nesta sexta-feira, 27, a agência iraniana de notícias Fars.

 

Veja também:

linkVeja as sanções já aplicadas contra o Irã

link ESPECIAL: Relembre outros ataques contra o Irã

link ESPECIAL: O programa nuclear do Irã

 

"No domingo, o Parlamento terá de aprovar uma lei 'duplamente emergencial' pedindo a suspensão das exportações iranianas de petróleo, começando na semana que vem", afirmou Ibrahimi, que é vice-presidente do comitê parlamentar de Política Externa e Segurança Nacional, de acordo com a Fars.

 

A medida iraniana é uma resposta às sanções ao petróleo do país impostas pela União Europeia no início da semana. Os europeus tomaram tal decisão devido às suspeitas em torno do programa nuclear de Teerã, que acreditam ter fins nucleares, embora o Irã afirme que enriquece urânio apenas para fins civis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.