Irã prende sete membros da Al Qaeda, diz TV

As forças de segurança do Irã prenderam sete membros da Al Qaeda no noroeste do país, informou na quinta-feira a emissora Press TV do Irã.

REUTERS

30 de dezembro de 2010 | 20h24

Os militantes foram detidos na cidade de Sardasht, na província de Azerbaijão Ocidental, perto da fronteira com o Iraque, disse a Press TV, citando uma fonte

"Essas pessoas foram identificadas no mês passado e foram detidas em seguida por uma ordem judicial", disse a fonte. A emissora não divulgou os nomes dos detentos e não deixou claro quando eles foram presos.

"As forças de segurança também encontraram um número considerável de livros e documentos relacionados ao Wahabismo e outros grupos sectários", acrescentou.

O Wahabismo é uma forma austera do islamismo sunita praticado na Árabia Saudita, rival regional do xiita Irã.

Embora seja raro o Irão revelar detenções de membros da Al Qaeda, as forças de segurança no leste do país frequentemente entram em confronto com guerrilheiros do Partido por uma Vida Livre do Curdistão (PJAK), uma ramificação do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) que lutou em 1984 por uma nação étnica no sudeste da Turquia.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAALQAEDAPRESOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.