Irã produz nova geração de centrífugas nucleares

O Irã está envolvido na produção de novas gerações de centrífugas nucleares para o enriquecimento de urânio, com planos de utilizá-las em março de 2011, informou o diretor da Organização de Energia Atômica do Irã à agência de notícias semioficial, Fars, na sexta-feira

REUTERS

18 de dezembro de 2009 | 11h38

"Estamos produzindo uma nova geração de centrífugas chamadas IR3 e IR4... Pretendemos usá-las até 2011 após eliminar problemas e defeitos", disse Ali Akbar Salehi à Fars. "Nós temos mais de 6 mil centrífugas ativas".

O Irã está atualmente em conflito com o Ocidente sobre suas atividades nucleares que os Estados Unidos e seus aliados europeus temem ser um disfarce para construir bombas.

O Irã, o quinto maior exportador mundial de petróleo, defende que seu programa nuclear tem como objetivo a geração de energia elétrica para que o país possa exportar mais gás natural e petróleo.

A República Islâmica divulgou em outubro que pretendia usar uma nova geração de centrífugas mais rápidas para enriquecer o urânio em sua nova instalação nuclear recentemente divulgada, próximo à cidade central de Qom.

Especialistas em energia nuclear afirmam que o novo modelo de centrífugas é capaz de duplicar ou triplicar o nível de produção.

(Reportagem de Parisa Hafezi)

Tudo o que sabemos sobre:
IRANUCLEARCENTRIFUG*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.