Irã se diz pronto para trocar urânio com o Ocidente

Ministro do Exterior afirma que país aceita troca da ONU, mas somente dentro de seus 'mecanismos'

Associated Press,

12 de dezembro de 2009 | 10h01

O governo do Irã está pronto para trocar parte de seu urânio enriquecido por combustível nuclear para seus reatores de pesquisa, conforme proposto pela ONU, mas somente de acordo com "seus próprios mecanismos e tempo", afirmou neste sábado, 12, o ministro de Exteriores iraniano.

 

Veja também:

EUA e UE ameaçam Irã com mais sanções por programa nuclear

especial O programa nuclear do Irã

especial O histórico de tensões e conflitos no país

 

No Bahrein, o ministro Manochehr Mottaki disse que o Irã concorda com a proposta da ONU feita em outubro na qual até 1,2 tonelada de urânio enriquecido seria trocada por combustível nuclear seguro.

 

"Aceitamos a proposta a princípio. Sugerimos que na primeira fase nós daríamos 400 quilos de urânio enriquecido a 3,5% e receberíamos o equivalente a urânio enriquecido a 20%", disse Mottaki.

 

O Irã tem cerca de 1,5 tonelada de urânio enriquecido a um nível que pode ser usado na produção de armas. Para operar o reator de pesquisas, o urânio deve ser enriquecido a 20%, e não a 3,5%, como atualmente está.

 

Os EUA e seus aliados temem que se o Irã continuar com seu processo de enriquecimento de urânio , poderia desenvolver material para armas nucleares, o que o governo iraniano nega. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), órgão da ONU responsável pela fiscalização da produção de material nuclear, propôs em outubro que o Irã enviasse seu urânio para ser enriquecido no exterior pela França ou pela Rússia em troca de combustível seguro que não poderia ser usado para fins bélicos.

 

Segundo Mottaki, o Irã respondeu claramente à proposta da ONU. "Demos uma resposta clara e ela foi que, a princípio, aceitamos a proposta, mas que há diferenças nos mecanismos", disse o ministro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.