Iranianos chegam ao Iraque para negociar com EUA

Uma delegação iraniana chegou a Bagdánesta quarta-feira para uma nova rodada de negociações comautoridades norte-americanas sobre o combate à violência noIraque, disseram autoridades de Irã e Iraque, mas o embaixadordos EUA na capital iraquiana disse que o encontro ainda não foimarcado. Autoridades do Irã, dos EUA e do Iraque realizaram trêsrodadas de negociação em Bagdá, no ano passado, discutindoformas de controlar a violência no território iraquiano. Asreuniões reaproximaram, ainda que pouco, os governos iraniano enorte-americano, que há quase três décadas cortaram relaçõesdiplomáticas. Um encontro marcado para o mês passado foi adiado pelo Irãdevido a supostas razões técnicas, levando os EUA aquestionarem o comprometimento do país islâmico com o diálogo. "Com base na previsão do governo do Iraque, a quarta rodadade negociações sobre a segurança do Iraque deve ocorrer naquinta-feira", afirmou Reza Amiri-Moghadam, chefe da delegaçãoiraniana, em declarações divulgadas pela agência de notíciasiraniana Isna. "A República Islâmica do Irã dá muita importância àsegurança do Iraque e fará tudo o que for possível para atingiressa meta", disse, após desembarcar na capital iraquiana. Mas quando perguntado se a informação era verdadeira, oembaixador norte-americano Ryan Crocker disse à Reuters: "Não.Não há nada agendado". As negociações entre os EUA e o Irã a respeito do Iraquerepresentam um dos poucos fóruns nos quais as autoridades dosdois países arqui-rivais realizam contatos diretos. As relações diplomáticas entre os iranianos e osnorte-americanos, cada vez mais prejudicadas pelo impassereferente ao programa nuclear do Irã, estão suspensas há quasetrês décadas. Os EUA acusam o Irã de desestabilizar o Iraque. Já ogoverno iraniano culpa a presença de militares norte-americanosno país árabe pela violência e diz que deseja um vizinhoestável e sem conflitos. (Por Fredrik Dahl; reportagem adicional de Ross Colvin emBagdá)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.