Iraque anuncia que assumirá controle de província em julho

O governo do Iraque assumirá em julho aresponsabilidade pela segurança de mais uma província no sul dopaís hoje controlada pelas forças dos Estados Unidos, afirmouneste domingo um porta-voz do Ministério da Defesa iraquiano. Forças britânicas e norte-americanas, que invadiram oIraque em 2003 para derrubar Saddam Hussein, estão transferindogradualmente mais responsabilidades de segurança para as forçasiraquianas. Qadisiya, também conhecida como Diwaniya, o nome de suacapital, seria a 10a das 18 províncias do Iraque a retornar acontrole iraquiano. Este ano a região tem estado relativamentelivre de violência. "Em julho, assumiremos responsabilidades pela província deDiwaniya (Qadisiya), hoje com as forças multinacionais, epreparamos a força necessária para assumir essaresponsabilidade", disse em uma coletiva de imprensa o generalMohammed al-Askari, porta-voz do Ministério da Defesa. Um porta-voz dos militares dos EUA não quis fazercomentários. Até agora as províncias sob controle iraquiano estão nonorte curdo ou no sul árabe xiita. As forças dos EUA ainda controlam as províncias com grandepopulação árabe sunita, como Anbar, no oeste, que era oprincipal reduto de insurgentes da Al-Qaeda. A transferência de Anbar ao controle do Iraque,inicialmente planejada para março ou abril, é agora esperadapara dentro de algumas semanas. Um certo ceticismo sobre a capacidade das forças desegurança iraquianas para assumir o controle de regiões maisviolentas foi atenuado por recentes operações de segurança. O primeiro ministro do Iraque, Nuri al-Maliki, enviouforças de segurança iraquianas para enfrentar milícias xiitasem Basra e Bagdá e lançou uma ação repressiva contra a Al-Qaedana cidade de Mosul, no norte, fortalecendo a autoridade dogoverno em áreas que anteriormente estavam fora de seucontrole. (Reportagem de Aseel Kami)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.