Iraque compensará abusos a norte-americanos por regime de Saddam

O Iraque firmou um acordo com os Estados Unidos para solucionar casos de norte-americanos que afirmam terem sido maltratados pelo regime de Saddam Hussein durante o conflito do Golfo em 1990 e 1991, informaram no sábado autoridades do país.

REUTERS

11 de setembro de 2010 | 14h34

O pagamento --que chegaria a 400 milhões de dólares segundo uma notícia da publicação Science Monitor-- pretende proteger os fundos iraquianos no exterior e ajudar a levantar as sanções da ONU impostas ao governo de Saddam Hussein, derrubado pela invasão dos EUA em 2003.

Dezenas de norte-americanos foram capturados pelo Iraque em 1990 e usados como escudos humanos para evitar ataques aéreos. Alguns afirmaram terem sido torturados.

O Ministério iraquiano das Relações Exteriores afirmou que o acordo, firmado pelo chanceler Hoshiyar Zebari e pelo embaixador dos EUA James Jeffrey, ajudaria a encerrar as sanções impostas pela ONU há duas décadas, quando Saddam invadiu o Kuweit.

(Por Muhanad Mohammed)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEEUACOMPENSACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.