Iraque divulgará gastos pela Internet para combater corrupção

O Iraque anunciou na quinta-feira quepretende publicar detalhes de contratos e gastos do governo naInternet, em uma ação para combater a corrupção, que vemprejudicando os esforços de paz, os cofres públicos e acredibilidade da administração. Com a publicação dos detalhes dos gastos públicos -- comoconcorrências e compras -- na Internet, o governo esperaaumentar a transparência e reduzir o risco de mau uso dodinheiro público. Ao lançar a iniciativa do "governo eletrônico", ovice-premiê Barham Saleh disse que a política sectáriacolaborou com a corrupção, ao dividir ministérios entre gruposque protegem seus integrantes. "Os ministérios e as instituições do governo viramterritório de um ou outro grupo", disse ele em uma conferênciasobre corrupção realizada dentro da Zona Verde de Bagdá, áreafortificada onde ficam prédios do governo e embaixadas.Participaram do evento ministros, parlamentares e diplomatas. Saleh disse que as medidas para combater a "doença" dacorrupção acabaram ficando politizadas, com facções rivaistentando influenciar a fiscalização. "Se não encararmos issocom firmeza e seriedade, seremos derrotados", observou. Pela nova iniciativa, de acordo com o ministro, osministérios vão começar a divulgar toda a informação sobre ogasto de recursos públicos a partir de 1o de abril. O ministro da Ciência e Tecnologia, Raed Fahmy, ficaráresponsável por uma comissão que até o fim do ano projetará umsistema para disponibilizar toda a informação na Internet. (Reportagem de Waleed Ibrahim)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.