Iraque tem menor número de baixas entre civis desde ocupação

88 pessoas morreram em novembro, além de 22 policiais e 12 soldados; estatísticas são as menores desde 2003

Efe,

01 de dezembro de 2009 | 10h05

O Iraque registrou a morte de 88 civis em novembro, o número mais baixo em decorrência da violência desde a ocupação em 2003, anunciaram nesta terça-feira, 1, os Ministérios da Saúde, Interior e Defesa.

 

Segundo as estatísticas elaboradas por estes organismos, neste mesmo período também perderam a vida 22 policiais e 12 soldados iraquianos. Além disso, 11 soldados americanos morreram em novembro, totalizando 4.364 militares dos Estados Unidos mortos no Iraque desde a ocupação do país.

 

No mês de outubro, morreram 343 pessoas, das quais 155 perderam a vida em um duplo atentado suicida perpetrado contra os prédios do Ministério da Justiça e do governo de Bagdá. Neste ataque, pelo menos outras mil pessoas ficaram feridas.

Tudo o que sabemos sobre:
guerra sem fim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.