Irmã de Assad deixa a Síria e está nos Emirados Árabes, diz fonte

A irmã do presidente sírio Bashar al-Assad que ficou viúva, Bushra, deixou a Síria e está morando nos Emirados Árabes Unidos, disse um fonte próxima ao governo dos Emirados nesta quinta-feira.

Reuters

27 de setembro de 2012 | 21h05

Bushra al-Assad, irmã mais velha do presidente sírio, era casada com Assef Shawkat, o ex-vice-ministro da Defesa da Síria que foi morto junto a outras autoridades sêniores do governo em um ataque a bomba em Damasco em 18 de julho.

"Bushra al-Assad é uma visitante frequente dos Emirados Árabes. Ela vem aqui por razões pessoais e humanitárias. Ela está atualmente nos Emirados Árabes, em uma dessas visitas, e está aqui há algum tempo", disse a fonte.

Autoridades libanesas e do Golfo também confirmaram que Bushra viajou aos Emirados com seus cinco filhos após a morte de seu marido.

Forças leais ao presidente Assad estão lutando para tentar conter um levante de 18 meses contra o governo. Ativistas estimam que até 30.000 pessoas já foram mortas nos confrontos.

(Reportagem de Raissa Kasolowsky, em Abu Dhabi; e de Amena Bakr, em Nova York)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAASSADIRMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.