Isaf mata por acidente quatro civis no sul do Afeganistão

Ataque aconteceu após patrulha receber a informação que os insurgentes se preparavam para atacar

Efe,

18 de agosto de 2008 | 02h28

Uma patrulha da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) matou "por acidente" quatro civis e feriu mais três em um combate contra supostos insurgentes no sul afegão, segundo informou a organização. O confronto aconteceu neste sábado de manhã no distrito de Sangin, na conflituosa província de Helmand, quando a patrulha captou uma mensagem de rádio que falava para os insurgentes se concentrarem para atacar a patrulha. As tropas identificaram um grupo de supostos insurgentes quando se preparavam para o ataque no telhado da casa, e lançaram três projéteis que atingiram seu objetivo, segundo informou a Isaf em comunicado. "Os civis estavam dentro do recinto nesse momento, sem que as tropas soubessem", afirmou a Isaf. Os feridos foram levados para uma instalação de cuidados médicos da Isaf nas cercanias da área de combate, onde duas das vítimas, crianças, continuam em estado grave. A Isaf assegurou que iniciou uma investigação para determinar as circunstâncias exatas do acontecimento e lamentou os fatos, embora tenha culpado os "inimigos do Afeganistão" de seu "desprezo pelas vidas dos inocentes a que dizem defender". Neste ano morreram no Afeganistão mais de 2.700 pessoas por causa da violência.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoIsafataquemorte de civis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.