Israel aprova mais 90 casas em assentamento na Cisjordânia

Israel deu aprovação final nesta segunda-feira para 90 novas casas em assentamentos na Cisjordânia ocupada, levando a uma nova complicação com Washington antes da visita do presidente norte-americano, Barack Obama.

Reuters

11 de fevereiro de 2013 | 20h02

As moradias serão construídas em Beit El, um grande assentamento judaico ao norte de Jerusalém, e abrigará funcionários do sistema de ensino, informou o ministério da Defesa de Israel.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu prometeu que 300 novas casas serão eventualmente erguidas em Beit El, onde 30 famílias colonizadoras foram despejadas em junho do ano passado após a Suprema Corte ter decidido que eles estavam vivendo ilegalmente em terras palestinas.

Israel tem sofrido diversas críticas internacionais, incluindo de seu principal aliado, os EUA, sobre a sua política de construção na Cisjordânia, território capturado na guerra de 1967 e o qual palestinos querem para seu futuro Estado.

A expansão de assentamentos tem sido uma questão de irritação entre Netanyahu e Obama, que deve visitar Israel, Cisjordânia e a Jordânia ainda neste semestre.

(Reportagem de Ali Sawafta em Ramallah e de Arshad Mohammed em Washington)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDISRAELASSENTAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.