Israel autoriza envio de cédulas para Gaza

Israel disse na quarta-feira que vai permitir a transferência de 100 milhões de shekels (25 milhões de dólares) para a Faixa de Gaza, a fim de aliviar o déficit de cédulas no território governado pelo Hamas e bloqueado por Israel. A soma não corresponde aos 185 milhões de shekels que a Autoridade Palestina diz que precisa para pagar os salários de seus empregados no território costeiro, onde uma severa falta de dinheiro fez os bancos de Gaza fecharem as portas na semana passada. Os trabalhadores da Autoridade Palestina na Faixa de Gaza retiram seus salários tirando shekels israelenses em bancos e caixas automáticos. Peter Lerner, porta-voz do coordenador israelense das atividades em territórios palestinos, disse que as cédulas serão transferidas "nos próximos dias". O ministro da Defesa, Ehud Barak, aprovou a transferência depois dos pedidos do primeiro-ministro da Autoridade Palestina, Salam Fayyad, e do diretor do Banco de Israel, Stanley Fischer, disse o ministério da Defesa em um comunicado. Comentando sobre a decisão de Israel, Oussama Kanaan, chefe da missão do Fundo Monetário Mundial na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, disse: "O que é importante é ter um acordo de longo prazo para liberar carregamentos mensais regulares de shekels para os bancos de Gaza".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.