Israel busca remover acampamento palestino na Cisjordânia

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou neste sábado que busca aprovação da Justiça para remover um acampamento palestino numa área da Cisjordânia ocupada onde Israel quer construir um novo assentamento.

Reuters

12 de janeiro de 2013 | 17h51

A Suprema Corte de Israel decidiu na sexta-feira que o acampamento palestino, construído numa área sensível conhecida como E1, poderia permanecer no lugar por seis dias, enquanto o tema da remoção estivesse sendo discutido.

A proposta de construir assentamentos judaicos em E1 é polêmica. Diplomatas europeus alertaram que tal medida poderia matar qualquer esperança de criação de um estado Palestino contíguo.

O gabinete do premiê disse num comunicado neste sábado que o governo está pedindo à Corte para que ela revise a sua decisão.

O governo bloqueou as vias que levam até o local. Um grupo de legisladores palestinos não conseguiu entrar. No local, manifestantes armaram tendas num esforço para preservar a região para um futuro Estado palestino.

(Por Ali Sawafta)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDCISJORDNIAREMOO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.