Israel concorda com proposta de cessar-fogo egípcia em Gaza, diz autoridade israelense

Israel concordou nesta segunda-feira com uma proposta egípcia para um cessar-fogo de três dias no conflito de Gaza, começando às 5h de terça-feira (2h em Brasília), disse uma autoridade israelense.

REUTERS

04 de agosto de 2014 | 17h54

"Nós concordamos em começar a implementar a iniciativa egípcia. Se o cessar-fogo for mantido, não haverá necessidade de qualquer presença de forças (israelenses) na Faixa de Gaza", afirmou um funcionário, falando sob condição de anonimato.

Reportagens da mídia israelense informaram que o gabinete de segurança do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, chegou à decisão em uma rodada de telefonemas.

(Reportagem de Ori Lewis)

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELCONCORDACESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.