Israel considera retirar postos de colonos, diz vice-premiê

Israel deve começar a tomar medidascontra postos de colonos judeus na Cisjordânia ocupada quando opresidente norte-americano, George W. Bush, visitar a região napróxima semana, afirmou na sexta-feira o vice-primeiro-ministroisraelense Haim Ramon. Os postos, grupos de casebres erguidos sem aprovação doEstado, e a expansão de assentamentos existentes são obstáculosà tentativa de Bush de retomar o processo de paz na regiãoantes de ele deixar o cargo, em janeiro. "Espero que neste período, durante a visita do presidentedos Estados Unidos a Israel e seguindo-se a ela, passosconcretos sejam tomados para retirar estes postos", disse Ramonà Rádio Israel. De acordo com os palestinos, todos os assentamentosdeveriam ser eliminados. Mas Israel afirma que manterá grandesassentamentos na área como parte de qualquer acordo de paz,embora o premiê Ehud Olmert tenha determinado, na semanapassado, um congelamento das construções. Bush, que visita Israel e áreas palestinas entre 8 e 16 dejaneiro, disse à Reuters na quinta-feira que pressionará oEstado judaico em relação aos assentamentos. (Por Dan Williams)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.