Israel deve reduzir lista de palestinos procurados

Israel planeja retirar 110militantes palestinos na Cisjordânia de sua lista deprocurados, disseram oficiais palestinos no sábado. Seconfirmada, a notícia será outro movimento favorável aopresidente palestino Mahmoud Abbas. Autoridades de Israel não estavam disponíveis para comentaro assunto. O estado Judeu já garantiu anistia a 178 militantesdo secular grupo Fatah no mês passado, na condição de que elesrenunciassem da violência. Nenhum deles foi responsável pormortes em Israel. Akram Rajoub, chefe das Forças de Segurança Preventiva nacidade de Nablus, na Cisjordânia, disse que autoridadesisraelenses passaram a ele uma lista de 110 militantespalestinos que devem receber perdão. Ele não especificou a qualfacção essas pessoas pertenciam. "Esses palestinos mencionados na lista terão que entregarsuas armas ao departamento de segurança palestino e assinardocumentos dizendo que não vão lançar ataques contra Israel",disse Rajoub.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.