Israel diz que realizou teste de lançamento de míssil

Israel realizou um teste delançamento de míssil nesta quinta-feira, informou o Ministérioda Defesa, despertando especulações de que o lançamento seriaparte de um programa para desenvolver armas de longo alcance oumelhorar um sistema de defesa antimíssil. A Rádio Israel disse que o míssil testado era capaz decarregar "carga não-convencional". A rádio citou reportagensinternacionais afirmando que Israel estava desenvolvendo omíssil de longo alcance Jericó 3. A rádio acrescentou que Israel tem realizado testes paraaprimorar seu sistema de defesa antimíssil, desenvolvido parainterceptar foguetes de longo ou curto alcance, incluindo osKatyushas utilizados pelo Hezbollah no Líbano e mísseis doarsenal iraniano. "Um lançamento de míssil bem-sucedido foi realizado com aintenção de examinar a propulsão do foguete", disse oMinistério da Defesa em comunicado. Fotos tiradas por amadores e publicadas em sites denotícias de Israel mostravam uma fumaça branca no céu sobre ocentro de Israel. O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, disse nestasegunda-feira que Israel poderia considerar "todas as opções"para deter o Irã de desenvolver armas nucleares. Acredita-se que Israel tenha armas atômicas, e analistasestrangeiros dizem há muitos anos que os mísseis Jericó 1 eJericó 2 podem carregar ogivas nucleares. Israel acredita que o Irã pode ter uma bomba nuclear até2010, e diz que armas nucleares iranianas representariam umaameaça à existência do Estado judeu. O Irã nega a existência de um programa nuclear com finsmilitares, e diz que seu enriquecimento de urânio é apenas parageração de energia. (Por Ori Lewis)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.