Israel e Hezbollah negociam libertação de prisioneiro libanês

Militantes oferecem restos mortais de cidadão israelense em troca de detido e corpos de dois guerrilheiros

Reuters,

15 de outubro de 2007 | 12h09

Israel e o Hezbollah devem finalizar dentro das próximas horas um acordo para trocar os restos mortais de um israelense por um prisioneiro libanês e pelos corpos de dois guerrilheiros do grupo, afirmou nesta segunda-feira, 15, um membro das forças de segurança do Líbano. "Em um gesto de boa vontade, haverá uma troca de um prisioneiro e dos corpos de dois combatentes do Hezbollah pelos restos mortais de um israelense que não era soldado", disse a fonte. Questionado sobre qual a previsão para o acordo ser concluído, essa pessoa respondeu: "Dentro das próximas horas." Vários soldados israelenses desapareceram no Líbano desde os anos 1980 e presume-se que estejam mortos. Mas não houve relatos anteriores sobre o desaparecimento de um civil israelense. O Hezbollah continua a manter sob seu poder dois soldados israelenses capturados em julho de 2006. O seqüestro dos militares provocou uma guerra de 34 dias contra Israel.

Tudo o que sabemos sobre:
HezbollahIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.