Israel entrega restos mortais de militantes palestinos

Israel entregou nesta quinta-feira a autoridades palestinas os corpos de dezenas de militantes palestinos envolvidos em atentados, na expectativa de que isso contribua para a retomada do processo de paz.

MAAYAN LUBELL, REUTERS

31 Maio 2012 | 09h17

Os militantes estavam enterrados, alguns há décadas, em um isolado cemitério militar israelense para "combatentes inimigos" na Cisjordânia ocupada. Eles incluem mais de 20 homens-bomba que mataram mais de 200 israelenses em ataques entre 1995 e 2006.

Os restos de 80 deles foram entregues à Autoridade Palestina na Cisjordânia, e outros 11 devem ser levados para a Faixa de Gaza, controlada pelo grupo islâmico Hamas.

"É nossa esperança que esse gesto humanitário sirva tanto como uma medida de construção de confiança quanto para ajudar a colocar o processo de paz novamente nos trilhos", disse o porta-voz governamental Mark Regev.

"Israel está pronto para uma retomada imediata das negociações de paz, sem nenhuma pré-condição."

Os palestinos condicionam a retomada do diálogo ao fim da expansão dos assentamentos judaicos em territórios ocupados.

(Reportagem adicional de Nidal al-Mughrabi em Gaza e Ali Sawafta em Ramallah)

Mais conteúdo sobre:
ORMED ISRAEL PALESTINOS DEVOLUCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.