Israel fecha passagens da Faixa de Gaza após ataque

Na segunda, tiros de morteiro atingiram o território israelense sem causar danos; passagem de Erez está aberta

Efe,

08 de julho de 2008 | 02h17

O governo israelense fechou as passagens da Faixa de Gaza nesta terça-feira, 8, em resposta a um ataque ocorrido 24 horas antes. O governo disse que um morteiro foi disparado de Gaza na segunda-feira, 7, e atingiu o sul de Israel, sem causar vítimas ou danos materiais. "Todas as passagens, exceto a de Erez, estão fechadas hoje por causa do ataque de ontem (segunda-feira)", disse o oficial de defesa Peter Lerner. Em resposta às violações da trégua, Israel tem fechado as passagens da Faixa de Gaza, onde o Hamas tomou o controle há um ano do Fatah. Em 19 de junho, entrou em vigor a trégua estipulada entre Israel e Hamas, alcançada com a mediação do Egito. Segundo o acordo, as milícias armadas de Gaza terão que parar suas hostilidades contra Israel, que deverá suspender gradualmente o bloqueio que impôs à Faixa de Gaza há mais de um ano e interromper suas incursões militares nesse território.

Tudo o que sabemos sobre:
ataqueFaixa de GazaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.