Israel mata líder militante de Gaza e dois outros

Um bombardeio israelense matou umcomandante da Jihad Islâmica na Faixa de Gaza na segunda-feira,provocando ameaças de retaliação com atentados suicidas. Majed Al Harazeen e dois outros militantes estavam numcarro atingido por um míssil na Cidade de Gaza, segundo umcomandante da Jihad Islâmica. "O assassinato do comandante geral vai escancarar a portapara a onda de operações de martírio", disse uma nota da alaarmada do grupo. Centenas de militantes se reuniram nas ruas e fizeramdisparos para o alto após o ataque, que também feriu doistranseuntes. Uma porta-voz militar israelense confirmou o bombardeio eacusou Harazeen de organizar ataques com foguetes de Gazacontra o Estado judeu. A Jihad Islâmica reivindica a maioriados ataques com foguetes contra Israel. Autoridades palestinas disseram que Harazeen é o principalmilitante morto por Israel na Faixa de Gaza em mais de um ano. A Jihad Islâmica é um dos grupos que reivindicaram aresponsabilidade pelo atentado que matou três israelenses emjaneiro em Eliat (sul de Israel). (Por Nidal Al Mughrabi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.