Israel pagou US$ 10,5 milhões para a ONU por guerra em Gaza

Estado judeu nega ter atacado prédios da entidade, que agora considera questões financeiras concluídas

Agência Estado,

22 de janeiro de 2010 | 16h50

Israel pagou à Organização das Nações Unidas (ONU) cerca de US$ 10,5 milhões em danos por sua ofensiva contra a Faixa de Gaza no início do ano passado, informou a entidade internacional nesta sexta-feira, 22.

 

"O governo de Israel fez um pagamento de US$ 10,5 milhões à ONU, em respeito às perdas sofridas", disse o porta-voz da organização, Martin Nesirky. "Com esse pagamento, a ONU concorda que as questões financeiras estão concluídas."

 

Logo depois do conflito, ocorrido entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que a organização exigia cerca de US$ 11 milhões em compensação pelos danos a seus prédios, depósitos, escolas e veículos.

 

Israel sempre negou ter deliberadamente atirado contra propriedades da ONU durante os conflito de três semanas, lançado depois que foguetes palestinos foram atirados de Gaza em direção ao território israelense. Cerca de 1.400 palestinos e 13 israelenses foram mortos durante o conflito, segundo dados da ONU. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUGazaIsraelPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.