Israel permitirá acesso comercial à Cisjordânia 24 horas por dia

Israel anunciou na quarta-feira que vai permitir que a fronteira entre a Cisjordânia ocupada e a Jordânia permaneça aberta 24 horas por dia para ajudar a economia palestina.

REUTERS

08 de julho de 2009 | 16h47

"O primeiro-ministro ordenou uma ampliação imediata e significativa dos horários de funcionamento da travessia de fronteira da Ponte Allenby para importações e exportações, a fim de aumentar a atividade comercial e melhorar a vida dos palestinos", disse um comunicado oficial.

O vice-ministro das Relações Exteriores, Danny Ayalon, disse a jornalistas que a travessia -- cujo nome homenageia o general Edmund Allenby, general britânico da Palestina colonial após a 1a Guerra Mundial -- permaneceria aberta 24 horas por dia.

A Autoridade Palestina havia solicitado o não fechamento do terminal Allenby. Até o momento ela permaneceu aberta ao tráfego de pessoas e de carga apenas 12 horas por dia, durante a semana, e sete horas por dia nos fins de semana.

Nazmi Mhanna, diretor das travessias de fronteira da Autoridade Palestina, disse que o novo horário "aumentaria o volume de exportações e importações, o que impulsionará a economia."

(Por Joseph Nasr)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDTRAVESSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.