Israel reabre as passagens fronteiriças com a Faixa de Gaza

Decisão ocorre quatro dias após o fechamento, uma resposta à violação do cessar-fogo na região

EFE

29 de junho de 2008 | 05h51

Israel reabriu neste domingo as passagens fronteiriças com a Faixa de Gaza, quatro dias após tê-las fechado em resposta ao lançamento de foguetes contra seu território, que violava seu cessar-fogo com as milícias palestinas na região. Desde as oito horas (2h de Brasília), as passagens comerciais de Karni e Sufa, assim como os de acesso de combustível de Nahal Oz e de pessoas de Erez, voltaram à atividade, embora com certas restrições, segundo fontes militares. Entrarão assim em Gaza neste domingo cerca de oitenta caminhões com mercadorias, muito abaixo das quantidades de dois anos atrás, mas representará uma melhora em relação ao ferrenho bloqueio imposto por Israel à faixa desde que, há um ano, o Hamas tomou o controle da faixa pela força. A decisão foi adotada no sábado à noite após consultas por telefone entre o ministro da Defesa, Ehud Barak; seu "número dois", Matan Vilnai; e os serviços de inteligência militar e civil interior, o Shin Bet, informa o jornal "Haaretz".

Mais conteúdo sobre:
IsraelGazaPalestinaHamas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.