Israel reabre caso de garoto baleado em Gaza há 7 anos

  Associated Press/Reprodução                                                                                                         _______________________________________________________________________________________  O Exército israelense pediu nesta segunda-feira, 17, às redes de televisão francesas que disponibilizassem as imagens da morte de um garoto de 12 anos na faixa de Gaza, em 2000. Autoridades de Israel reabrem um dos incidentes mais contenciosos da segunda intifada palestina, em meados daquele ano. Nas imagens, Jamal Al-dura sinaliza sua posição enquanto protege seu filho Mohammed Jamal, enquanto se escondem do fogo-cruzado atrás de um barril. A segunda foto mostra o garoto no colo de seu pai, momentos após ele ser baleado, no dia 30 de setembro de 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.