Israel realiza ataques aéreos na Faixa de Gaza, dizem palestinos

Não há relatos de feridos; ataque foi retaliação a morteiro que feriu dois soldados israelenses

REUTERS

17 de agosto de 2010 | 18h08

Israel realizou ataques aéreos contra alvos na Faixa de Gaza nesta terça-feira, 17, após dois soldados ficarem feridos em um ataque a bomba por militantes, informaram o grupo islâmico Hamas e fontes palestinas.

Veja também:

linkPalestino invade embaixada turca em Israel, faz dois reféns e é preso 

linkIsrael mata membro da Jihad Islâmica em Gaza

lista Veja as novas regras do bloqueio de Gaza

Eles disseram que os ataques aéreos atingiram túneis de tráfico no sul do território, na fronteira com o Egito, e uma área aberta no sul da cidade de Khan Younis usada por militantes para o lançamento de foguetes contra Israel.

Não há relatos de feridos. O Exército de Israel não comentou as informações.

Militantes palestinos em Gaza lançaram dois morteiros contra Israel nesta terça-feira, ferindo dois soldados. Pouco depois do ataque, seis tanques israelenses entraram em Gaza e um deles atirou contra uma casa perto de Khan Younis, sem deixar feridos.

O ataque dos militantes ocorreu um dia após soldados israelenses terem matado um militante que, segundo o Exército, estaria tentando instalar explosivos na fronteira entre Gaza e Israel.

O Exército israelense afirmou que mais de 115 foguetes e morteiros foram disparados de Gaza contra seu território neste ano.

Israel realizou uma ofensiva de três semanas contra militantes do Hamas em Gaza em dezembro de 2008 com o objetivo declarado de tentar interromper tais ataques.

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi, em Gaza, e Ori Lewis, em Jerusalém)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.