Israel rejeita proposta de cessar-fogo em Gaza e busca mudanças, diz fonte do governo

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, tem pressionado pelo fim dos combates entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza

REUTERS

25 de julho de 2014 | 14h55

O gabinete de segurança do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, rejeitou propostas para um cessar-fogo na Faixa de Gaza e está buscando mudanças nos planos, disse uma fonte do governo nesta sexta-feira.

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, tem pressionado pelo fim dos combates entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza, que estão no 18º dia.

Todos os detalhes sobre a trégua proposta não foram divulgados, mas o funcionário do governo, que não quis ser identificado, afirmou que Israel queria modificações antes de aceitar qualquer fim das hostilidades.

O Hamas ainda não respondeu à proposta de cessar-fogo.

(Por Crispian Balmer)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDISRAELREJEITACESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.