Israel testa sistema antimísseis, diz Ministério da Defesa

Projétil adaptado para interceptar o míssil balístico iraniano Shehab é testado com sucesso

Agências internacionais,

07 de abril de 2009 | 07h57

Israel promoveu nesta terça-feira, 7, um teste com o lançamento de seu míssil interceptador Arrow 2, disse o Ministério da Defesa, como parte do desenvolvimento de um sistema projetado para defender o país contra um eventual ataque com mísseis balísticos do Irã e a Síria. "Foi um teste bem sucedido", disse o ministério.

O Arrow interceptou um míssil alvo, simulando um Shehab iraniano, lançado de um avião israelense desde o mar Mediterrâneo, segundo uma fonte ligada à Defesa. A Rádio Israel disse que este foi o 16.º teste de lançamento de um Arrow. A fonte da Defesa afirmou que 90% desses testes tiveram um bom resultado.

O projeto é desenvolvido em conjunto entre Israel e os Estados Unidos para funcionar como um escudo estratégico contra mísseis balísticos dos arsenais iraniano e sírio. O projeto Arrow, desenvolvido em conjunto pela Israel Aircraft Industries e pela Boeing, ganhou impulso depois de o sistema de mísseis Patriot não ter conseguido interceptar os mísseis Scud iraquianos durante a Guerra do Golfo, em 1991. Pelo menos duas baterias de mísseis  foram montadas em Israel, que tem testado o sistema para aprimorar sua performance em altas altitudes e contra vários mísseis ao mesmo tempo.

 

Israel considera o Irã seu principal inimigo e acusa a república islâmica de desenvolver em segredo um programa nuclear bélico que representaria uma ameaça à existência do Estado judeu. O Irã rejeita a acusação e assegura que suas usinas atômicas têm fins estritamente pacíficos de geração de energia elétrica.

Tudo o que sabemos sobre:
Israel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.