Israel vai transferir fundos congelados para palestinos

Israel afirmou neste sábado que vai transferir cerca de 470 milhões de dólares de impostos retidos para a Autoridade Palestina, após negociações entre um importante militar do Estado judaico e autoridades palestinas.    Em dezembro, Israel começou a reter cerca de 130 milhões de dólares mensais em impostos que coleta em nome da Palestina após a Autoridade anunciar que estava se juntando ao Tribunal Penal Internacional (ICC).    Israel condenou a ação palestina de se juntar ao ICC, dizendo que era um passo unilateral que minava as perspectivas de um acordo de paz negociado. O congelamento forçou a Autoridade Palestina a cortar a maioria dos salários de seus funcionários em 40 por cento e buscar um fundo de emergência.    Uma autoridade do governo israelense que pediu anonimato disse que 473 milhões de dólares seriam transferidos após as negociações. A transferência tem o objetivo de assegurar estabilidade regional e ações humanitárias, afirmou a autoridade, que não deu mais detalhes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.