Israel volta a fechar passagens fronteiriças com Gaza

Decisão é tomada após um foguete Qassam atingir a região ocidental do deserto de Neguev

Efe,

30 de outubro de 2008 | 06h55

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, ordenou nesta quinta-feira, 30, o fechamento de todas as passagens fronteiriças com a Faixa de Gaza, após o impacto de um foguete Qassam na região ocidental do deserto do Neguev. O foguete caiu em um local desabitado sem deixar vítimas ou danos materiais, informaram fontes da Polícia israelense. Nenhuma milícia palestina em Gaza reivindicou por enquanto a autoria do ataque. De forma rotineira, Barak ordena o fechamento das passagens por 24 horas quando acontece um ataque. O incidente desta quinta-feira é uma nova violação da trégua estipulada entre Israel e as facções palestinas com mediação do Egito, que entrou em vigor no dia 19 de junho e na qual ambos se comprometeram a cessar as hostilidades durante um período de seis meses. Desde essa data, o cessar-fogo se mantém apesar de violações pontuais de ambas as partes.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelFaixa de Gaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.