Jordânia frustra ataque da Al Qaeda e prende 11 militantes

A Jordânia desbaratou um grande plano de uma célula da Al Qaeda para desestabilizar a segurança do país por meio de ataques a bomba em shopping centers e assassinato de diplomatas ocidentais, afirmou a televisão estatal neste domingo.

Reuters

21 de outubro de 2012 | 15h38

O canal estatal citou forças de segurança afirmando que tinham detido 11 suspeitos e que o plano estava sendo preparado desde junho. Segundo os militares citados pela emissora, o plano envolvia ataques na capital Amã com o uso de armas e explosivos contrabandeados da Síria.

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDJORDANIAATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.