Jornalista que atirou sapatos em Bush será julgado este mês

Segundo o código penal iraquiano, se for condenado Muntadar al-Zaidi poderá ficar até sete anos na prisão

Efe

08 de fevereiro de 2009 | 14h38

O jornalista iraquiano Muntadar al-Zaidi, que atirou seus sapatos no ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush, será julgado a partir do dia 19 de fevereiro.   Veja também:Assista ao vídeo da AP com incidente     A data do julgamento foi informada neste domingo, 8, na capital do Iraque em comunicado do porta-voz do Conselho Superior da Judicatura, o juiz Abdel Sattar al-Bayrakdar.   Zaidi, preso desde 14 de dezembro, dia em que ocorreu o incidente, é acusado de "atacar um chefe de Estado estrangeiro", disse Bayrakdar.   O jornalista da emissora de TV iraquiana Al-Bagdadia, com sede no Cairo, atirou seus dois sapatos em Bush durante uma entrevista coletiva conjunta do então presidente americano e o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki.   "Este é o beijo de despedida, cachorro", gritou Zaidi para Bush, que conseguiu se esquivar dos sapatos.   Segundo o código penal iraquiano, se for condenado o jornalista poderá ficar até sete anos na prisão.

Tudo o que sabemos sobre:
sapatosBushMuntadar al-Zaidi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.