Juíza é atingida por sapatada durante audiência em Israel

Ataque ocorreu em julgamento sobre uso medicinal da maconha; atacante chamou juiza de corrupta

Associated Press e Reuters,

27 de janeiro de 2010 | 08h57

A rádio estatal de Israel informou nesta quarta-feira, 27, que um homem atirou um tênis na chefe da Justiça do país, acertando-a na testa e derrubando-a da cadeira.

 

Segundo a rádio, a chefe da Suprema Corte, Dorit Beinisch, foi levada para seu gabinete para receber cuidados médicos após o incidente. "No meio dos procedimentos, vimos um sapato voar do público, Ele acertou a juíza, bem no meio dos olhos e a derrubou", disse o advogado Tal Ron à rádio.

 

O homem atirou um par de tênis na sala da Corte e gritou "Você é corrupta! Você me prejudicou!" a Dorit. O incidente ocorreu durante uma audiência sobre o uso medicinal da maconha. Não foi esclarecido se o ataque estava ligado ao julgamento.

 

A Polícia confirmou que o calçado foi atirado aos juízes durante a audiência, mas não forneceu nenhum outro detalhe. Segundo oficiais, os guardas de segurança imobilizaram o atacante e chamaram a Polícia, que levou o homem em custódia. "Ele parecia estar maluco", disse o advogado.

 

O segundo sapato não acertou Dorit. Seu marido afirmou que foi um "tremendo golpe", mas que ela já se sente melhor e acredita que possa continuar comas audiências.

Tudo o que sabemos sobre:
sapatadaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.