Karzai revelará planos eleitorais na terça-feira, diz Clinton

Secretária de Estado dos EUA afirma que está 'otimista' com a direção que a situação está tomando

Reuters,

19 de outubro de 2009 | 19h46

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, vai anunciar na terça-feira, 20, como pretende proceder nas eleições afegãs, disse a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, acrescentando que ela estava otimista com a direção dos eventos.    

 

Veja também:

link Impasse sobre fraudes aprofunda crise eleitoral no Afeganistão

especialEspecial: 30 anos de violência e caos no Afeganistão 

linkSecretário-geral da Otan defende mais tropas no Afeganistão

 

Hillary disse que não queria se apropriar do anúncio de Karzai. A votação no Afeganistão de 20 de agosto foi marcada por acusações de fraude.

"Ele (Karzai) vai anunciar suas intenções. Eu estou deixando que ele faça isso, mas estou otimista com a direção que a situação está tomando", disse Hillary a jornalistas.

"Tenho muitas esperanças de que nós iremos ver uma resolução em linha com a ordem constitucional nos próximos dias".

Observadores internacionais pediram um segundo turno no Afeganistão, depois que uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU) invalidou nesta segunda-feira, 19, milhares de votos para Karzai.

A controvertida eleição provocou tensão entre Karzai e os governos ocidentais, cujas tropas estão combatendo um Taliban ressurgente no Afeganistão.

O adiamento do resultado eleitoral também complicou as deliberações do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre enviar mais milhares de soldados ao país asiático para mudar a maré na guerra que já dura oito anos.

Hillary disse acreditar que era possível fazer um segundo turno antes do inverno (no fim do ano). Se a eleição não for concluída até lá, a incerteza política no Afeganistão vai aumentar.

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOKARZAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.