Líbano detecta explosão perto da fronteira com Israel

Rádio libanesa diz que incidente foi consequente da descoberta de um dispositivo de espionagem

Efe,

18 de outubro de 2009 | 07h54

As autoridades libanesas detectaram neste domingo, 18, uma explosão perto de uma aldeia próxima à fronteira com Israel e acham que ela foi provocada pelo país vizinho, informaram à Efe fontes das Forças Armadas.

 

O incidente, registrado na aldeia de Hula e a respeito do qual ainda não há muitos detalhes, não causou vítimas. Fontes militares do sul do Líbano disseram a explosão pode ter sido provocada pela destruição de um dispositivo para espionagem, cuja presença foi detectada pelo Hezbollah em um vale situado entre Hula e o vilarejo de Meis el-Jabal.

 

A rádio "A Voz do Líbano" disse que a explosão "foi consequência da descoberta de uma invasão na rede de telecomunicações do Hezbollah" na região.

 

A área em que ocorreu o incidente encontra-se vigiada pelo Exército libanês e por soldados da Força Interina da ONU no Líbano (Finul). Antes, o Exército libanês disparou contra um avião de reconhecimento israelense que havia cruzado a fronteira. Incursões deste tipo, no entanto, são frequentes na divisa entre os dois países.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbanoIsraelexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.