Líder de milícia líbia suspeito de ataque a Benghazi chega aos EUA, diz mídia

O líder da milícia líbia, suspeito do ataque em 2012 à missão diplomática dos Estados Unidos em Benghazi que matou quatro norte-americanos, chegou a Washington no sábado de manhã, segundo relatos da mídia.

REUTERS

28 de junho de 2014 | 11h47

Ahmed Abu Khatallah foi trazido para a corte federal em Washington de um navio de guerra da Marinha, onde ficou mantido desde que foi capturado no início deste mês, disseram a CNN e o The New York Times.

(Por Doina Chiacu)

Mais conteúdo sobre:
LIBIAEUAMILICIAJULGAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.