Líder golpista vence eleições presidenciais da Mauritânia

Mohammed Ould Abdelaziz obteve 52,58% dos votos, sendo eleito sem necessidade de segundo turno

Efe

19 de julho de 2009 | 17h05

Mohammed Ould Abdelaziz, general que comandou o golpe de Estado de agosto de 2008, venceu as eleições da Mauritânia realizadas neste sábado, 18, e será o próximo presidente do país, segundo anunciou o ministro do Interior, Mohammed Ould Rzeizim.

 

Em coletiva de imprensa, Rzeizim anunciou que Abdelaziz obteve 52,58% dos votos e, com isso, será proclamado presidente sem necessidade de segundo turno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.