Lista de al-Maliki lidera em sete das 14 províncias com números já divulgados

Bagdá e Basra, dois dos maiores centros eleitorais do Iraque, estão entre as regiões em que premiê vence

estadao.com.br,

14 de março de 2010 | 12h20

A lista do primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, lidera a apuração dos votos em sete das 14 províncias que já tiveram resultados preliminares divulgados - apenas duas a mais de seu rival mais próximo - informou neste domingo, 14, o último comunicado da Comissão Eleitoral do país, segundo a agência AFP.

 

De acordo com o novo relatório da comissão, a Aliança do Estado de Direito, grupo xiita de al-Maliki, está à frente das outras coalizões na província de Basra. A lista do premiê tem quase 220 mil votos e está à frente de outra coalizão xiita, a Aliança Nacional Iraquiana, que tem 121 mil votos. Em terceiro lugar está o bloco laico do ex-primeiro ministro Iyad Allawi, com 36 mil votos.

 

Basra é o terceiro maior centro eleitoral do país e responde por 24 dos 325 assentos do Parlamento. Cerca de 63% dos votos da província haviam apurados quando os resultados foram divulgados.

 

A coalizão de al-Maliki também liderava as votações em Bagdá, região considerada a mais importante para as eleições, que responde por 70 lugares no Parlamento. Os resultados recentes apontam para a proximidade da vitória da Aliança do Estado de Direito, o que pode garantir ao atual premiê mais um mandato. Os partidos, porém, já iniciaram negociações para formar um governo de coalizão. As conversas podem durar semanas ou até meses.

 

A eleição teve uma participação de 62%, menor que os 75% de 2005, mas desta vez eleitores sunitas compareceram em maior número e a abstenção em algumas áreas xiitas foi alta.

 

Com informações da Associated Press.

 

Notícia atualizada às 18h56

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueal-MalikieleiçõesParlamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.