Milícia armada da Líbia cerca aeroporto de Trípoli--autoridade

Uma milícia líbia cercou o aeroporto internacional de Trípoli na segunda-feira, forçando os voos a serem desviados para o aeroporto militar da capital, afirmou uma autoridade de segurança.

REUTERS

04 de junho de 2012 | 11h48

Segundo a autoridade, a milícia, chamada de Brigada al-Awfea, da cidade de Tarhouna, 80 quilômetros a sudeste de Trípoli, exigiu a libertação de um de seus líderes, que eles afirmaram ter desaparecido na noite passada.

"A situação no aeroporto é muito tensa e tanques estão cercando os prédios. Não é permitida a entrada de ninguém dentro do edifício", afirmou o oficial, que não quis ser identificado.

Um oficial da alfândega do aeroporto afirmou que os voos foram cancelados e os aviões que entrariam no país foram desviados para o aeroporto Mitiga de Trípoli.

O porta-voz do atual governo do Conselho Nacional de Transição, Mohammed al-Harizy, disse que o chefe da milícia Coronel Abu Oegeila al-Hebeishi foi sequestrado por rebeldes armados desconhecidos, enquanto viajava entre Tarhouna e Trípoli na noite de domingo.

(Reportagem de Ali Shuaib)

Mais conteúdo sobre:
LIBIAAEROPORTOCERCADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.