Milícia pró-governo ataca candidato reformista após sermão

Filho de Mehdi Karroubi diz que "homens vestidos à paisana" agrediram e insultaram seu pai

Efe,

17 de julho de 2009 | 14h21

Um grupo de membros do Basij - milícia islâmica iraniana - atacou nesta sexta-feira, 17, o ex-presidente do Parlamento e candidato reformista nas eleições presidenciais de 12 de junho Mehdi Karroubi. Não se sabe, no entanto, se ele ficou machucado.

 

Segundo o filho de Karroubi, Hossein Karroubi, citado no site do movimento político do candidato, o Etemad-e Meli, "indivíduos vestidos à paisana atacaram e insultaram Karroubi ao término do sermão de hoje (sexta-feira) em Teerã".

 

Hossein Karrubi disse que, quando seu pai se dirigia a pé para a Universidade de Teerã, apareceu um grupo de pessoas que gritava palavras de ordem em seu apoio, momento no qual veio a Polícia iraniana, com material antidistúrbios.

 

"Neste momento, meu pai entrou no carro para ir à universidade, onde um grupo (do Basij) de homens vestidos à paisana e apoiados pela Polícia o atacaram" na porta do recinto acadêmico, disse Hossein Karroubi.

 

Hossein Karroubi disse também que os homens vestidos à paisana "insultaram e sacudiram" de forma ostensiva seu pai, até o ponto de ter caído o turbante que sempre usa, em sua condição de clérigo xiita.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãeleiçõesKarroubiBasij

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.