Militante norte-americano da Al Qaeda pede ataques a Bush

O militante norte-americano da Al QaedaAdam Gadahn incitou islâmicos a receberem o presidente dos EUA,George W. Bush, com bombas, em sua visita ao Oriente Médionesta semana. "Dêem as boas-vindas não com flores e aplausos, mas combombas e armadilhas", afirmou um vídeo veiculado na Internet,no domingo, falado em sua maioria em inglês, com o objetivo deatingir o público norte-americano. Gadahn, que também é conhecido como Azzam, o Americano,dedicou boa parte do vídeo, intitulado "Um Convite à Reflexão eao Arrependimento", às falhas da política externa dos EUA e dacivilização cristã ocidental. Ele falou também sobre a derrota que os EUA deverão sofrernas mãos dos muçulmanos. "A primeira questão que os norte-americanos poderiam sefazer é: estão os americanos realmente derrotados? A resposta ésim, e em todos os frontes", afirmou Gadahn, que está usandouma longa barba, óculos e vestimentas árabes. Gadahn é um californiano convertido ao Islã e o primeironorte-americano acusado de traição desde a Segunda GuerraMundial. Acredita-se que ele esteja no Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.