Militantes sunitas tomam cidade no oeste do Iraque, dizem fontes locais

Militantes sunitas tomaram na madrugada desta quinta-feira o controle da maior parte da cidade iraquiana de Hit, na província de Anbar, oeste do país, segundo fontes da área da segurança e autoridades locais.

REUTERS

02 de outubro de 2014 | 07h13

"Noventa por cento da cidade de Hit está dominada por militantes", disse Adnan al-Fahdawi, membro do conselho provincial, acrescentando que os invasores estavam mais bem armados do que as forças de segurança locais.

Uma testemunha em Hit disse à Reuters: "Dezenas de militantes podem ser vistos na cidade com seus veículos e armas. Posso ouvir disparos agora em todos os lugares".

As fontes do setor de segurança disseram acreditar que os militantes sejam membros do grupo Estado islâmico, que iniciaram o ataque com a explosão de três carros-bomba na entrada do lado leste da cidade e uma delegacia de polícia no centro.

As primeiras informações de fontes hospitalares em Hit são de que seis pessoas, incluindo um civil, foram mortos e 12 ficaram feridas.

Soldados, policiais e combatentes muçulmanos sunitas locais estavam tentando conter o avanço dos militantes, disseram as fontes da área de segurança. A maior parte das cidades vizinhas na província de Anbar já caíu sob o controle do Estado islâmico.

(Reportagem de Rahim Salman)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEMILITANTESCIDADE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.