Militar libanês morre em ataque a helicóptero

Aeronave é derrubada em ataque a tiros no sul do país; oficial realizada missão de treinamento

Associated Press e Efe,

28 de agosto de 2008 | 08h39

Um militar libanês morreu num ataque a tiros perpetrado nesta quinta-feira, 28, contra um helicóptero do Exército do Líbano, informou um funcionário do alto escalão dos serviços libaneses de segurança.   A aeronave precisou fazer um pouso de emergência depois de ter sido atingida pelos disparos no sul do Líbano, prosseguiu a fonte. O ataque ocorreu quando o helicóptero realizada missão de treinamento. Os poucos detalhes disponíveis até o momento ainda são confusos. Ainda não se sabe quem atacou nem qual munição foi utilizada. Não houve mais nenhuma vítima além do militar morto. O Exército libanês já está investigando o incidente, concluiu a fonte.   Fontes militares libanesas no sul do Líbano disseram que, ao longo do dia, houve uma intensa atividade da aviação israelense sobre a área fronteiriça entre os dois países, mas não puderam vincular estes vôos com o incidente do helicóptero. Segundo a agência nacional libanesa, moradores da área ouviram disparos antes que o helicóptero fosse derrubado. Também disse que, depois do incidente, as autoridades montaram um cordão de segurança para identificar as pessoas que estavam no lugar.   No sul libanês, permanece mobilizada a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul), cuja missão foi ampliada pelo Conselho de Segurança por mais um ano, até o 31 de agosto de 2009, como tinha solicitado o primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora.

Tudo o que sabemos sobre:
Líbano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.